terça-feira, 17 de julho de 2012

3 anos, outra fase!


Ana Clara está cada dia mais falante, esperta e visivelmente despertando sua personalidade. Nos chiliques, nos carinhos, no sono, nos movimentos, na dança...
Está certa de que quer ser bailarina do Cirque du Soleil quando crescer. Não direciona seu olhar para os instrumentos musicais nem para sua voz cantada. Ela quer mesmo dançar!!

Autonomia é a atitude da vez: ela decide que quer dormir fora de casa, quer ir o banheiro sozinha porque já consegue subir no vaso e fazer xixi sem ajuda, come sozinha, quer atravessar a rua sem dar as mãos... Começo a ter um chilique de sentir que meu pintinho está crescendo e querendo sair de baixo da minha asa. Mas tudo bem!

Ontem e hoje foram dias de muito, MUITO frio aqui em Curitiba. O negócio foi ficar em casa. O Rapha então teve uma idéia muito legal e resolveu fazer um fogão de brinquedo pra Ana com uma caixa de papelão. Ficou muito linda e ela amou!


Por hora é isso. Um post curtinho, mas com muito amor!

Ai filha, às vezes vc é tão chiliquenta, me bate, me morde, mas eu te amo muito viu?
Pois eu sei que vc é tão normal quanto eu!

Se você está explorando algo muito interessante e alguém lhe toma sem justificativa, você se sente desrespeitado.Se você está andando livremente e alguém te segura, você protesta.Se você quer muito fazer algo e leva um sonoro não, você reage.Se alguém muito querido chega, te cumprimenta brevemente e não te dá mais atenção, você fica confronta.Se uma das suas pessoas favoritas tem hora certa para te atender, você fica chateado.Se sua família se recusa a fazer qualquer alteração na rotina para atender uma vontade sua, você não se sente importante.Se você está com fome, mas te negam comida, você pede de novo.Se alguém te força a comer sem fome, você vira o rosto.Se alguém empurra alguma coisa que você não gosta para dentro da sua boca, você cospe.Se você está no escuro, sozinho, sem a possibilidade de se mexer, você grita.Se você está num ambiente desconfortável, com vontade de estar perto de alguém que gosta, você chama essa pessoa.Se você pode ir até ela com suas próprias pernas, você levanta e vai.Se você não está com sono, está com muitos pensamentos na cabeça, apaixonado demais, carente demais, com fome, com sede, com calor, com frio, co medo, você também não dorme.Se durante o dia inteiro você não teve a possibilidade de fazer nada espontâneo, tudo foi feito sob ordens de alguém, você se aborrece.Se as pessoas com quem você convive não aceitam nenhuma das suas ideias, você se sente incapaz.Se você tenta expressar seus sentimentos de todas as formas que conhece e não se sente compreendido, você se enraivece. Talvez você aceite a comer o que não gosta.Talvez você aceite a comer sem fome.Talvez você aprenda a dormir com medo.Talvez você aprenda a dormir sem sono.Talvez você encontre alguém que te compreenda.Talvez você desista.

(texto do blog Super Duper)

Um comentário:

  1. Esse texto é mesmo ÓTIMO!!! =D
    E esse fogãozinho ficou um luxo! Amei!

    ResponderExcluir