domingo, 26 de dezembro de 2010

Entre lulas, damascos e zumbis


Final de ano, férias, natal, festas, presentes, papai noel...

Às vezes me sinto uma mãe super relapsa e insensível. Não dou muita trela pra essas coisas, sabe?
Quer dizer, mais ou menos, né? Bom... vamos aos poucos:

  • Férias? Sim, gosto muito! Ainda mais agora, em que férias significa dividir os cuidados da filhota com o papai e os avós. Consequentemente significa poder, de vez em quando, tirar um sonequinha a tarde enquanto outros cuidam da pequena.

  • Presentes? Adooooro! Ganhei muitos, muito mais do que esperava. Mas me sito péssima quando ganho e não posso retribuir. Sendo uma mãe semi-desempregada, sem renda fixa não posso me dar ao luxo de presentear a todos. O único felizardo foi o maridón mesmo. Nem pra filha eu comprei um presentinho (convenhamos que ela ainda é um bebê e não entende muito sobre natal e papai noel, além do que os avós, tios e amigos nunca deixam de comprar alguma coisinha, né?). E, além disso, o Rapha gastou uma grana no curso que ainda vou fazer em meados de janeiro... Então, ficou assim mesmo: ganhei um monte de presentes lindos e não dei nada pra ninguém!! Desculpe aí galera, mas espero que ano que vem seja diferente.

  • Festas? Hummm... é bem legal festar mas... naõ sou baladeira. Não mesmo. Não gosto de barulho, som alto, voltar às 5h da madruga tonta de bera e dormir sem tomar banho. Esse tempo já foi. Agora tenho uma filhinha linda pra criar que não me acompanha na balada. Gosto quando a festa começa cedo e acaba cedo, que ainda dá tempo de chegar em casa, tomar um chá, um banho e dormir tranquilamente sabendo que não vou estar estragada no dia seguinte (parece papo de velho, né? pois é... e eu só tenho 27 anos...).

  • Natal? Este ano foi na casa dos sogros do meu irmão. Teve papai noel e tudo! Confesso que eu fui sem muita vontade - por conta da Ana. Vou explicar: temos uma rotina do sono aqui em casa e que quase nunca saímos dela. Ana Clara janta às 18h, toma banho às 19h e está babando de sono às 19h30. (obs: ela não dorme de jeito nenhum fora de casa!!!). Levar ela à uma festa à noite significaria ter que aguentar um bebê de 20 meses chorando de sono no colo da mamãe aqui até voltarmos pra casa. Chegamos a cogitar a idéia do Rapha ficar em casa pra cuidar dela. Mas resolvemos arriscar e... SURPRESA!! Ela ficou acordada até 1h da manhã (que foi quando chegamos em casa depois da festa e que colocamos ela imediatamente para dormir). A pequena realmente nos surpreendeu: brincou a noite inteira, não chorou e até deu beijo no papai noel! Foi ótimo! Mas exageramos quando resolvemos levá-la junto na noite seguinte (no jantar dia 25 na casa da minha sogra). Aí judiamos da pequena, tadinha... Chegamos não tão tarde quanto na noite anterior, mas chegamos às 23h. Ela estava acabada! Mas também se comportou super bem, brincou bastante com o primo Bernardo e se divertiu à beça com a cozinha que o primo ganhou de natal.

  • Papai Noel? Não gosto muito dele e dessa chantagem que usam para as crianças se comportarem e comerem toda comida do prato senão não ganham presente do tal Noel. Porém, lembro da minha infância, que minha mãe nunca fez ninguém se fantasiar para fingir ser o barbudo que entregava os presentes. Claro que ela sempre dava um jeito de convencer a gente de que era ele que tinha deixado os brinquedo debaixo da árvore de natal, mas nós nunca vimos ele descendo a chaminé lá de casa. E lembro de gostar muito desta imagem que ficava na nossa cabeça do velho misterioso. Cada família tem suas histórias, , seus jeitos e suas manias. Fico pensando como serão os próximos natais aqui em casa, e como vamos tratar de falar pra Ana Clara sobre o velhinho de barba branca que não dá presentes pra quem não se comporta durante o ano...

Agora... sobre o título da história: A lula foi um dos pratos do jantar na casa da minha sogra. Meu cunhado cozinheiro preparaou um cardápio MARAVILHOSO para nos presentear no jantar de natal. E estava uma delícia!!! Acho que o Rapha vai falar mais sobre isso num próximo post (né, amor?? rsrs).

Damascos? Odeio! Mas descobrimos que a filhota ADORA!! Só com jantar e comilanças chiques de festas natalinas para descobrirmos isso... rsrsrsrs...

E o zumbi? ahh... isso é coisa do Rapha... mas não pude deixar de registrar...


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário